Your address will show here +12 34 56 78
NOTÍCIAS
SOBRE A SHOWRURAL COOPAVEL
Entre os dias 03 e 07 de Fevereiro, participamos em Cascavel-PR da ShowRural Coopavel 2020.
O evento possui um espaço destinado a tecnlogia, a Show Rural Digital, onde a agricultura se funde a tecnologia para agregar aos mais de 280 mil visitantes do evento um local único de inovação, uma arena que contempla somente empresas ligadas a tecnologia.

NOSSSA PARTICIPAÇÃO
Para a AGRO1, o mais importante a se destacar na participação é a visitação de nossos clientes, manter o relacionamento, poder escutar suas necessidades de evolução, estar próximo e atentos aos movimentos e demandas, que cada vez mais constantes do agronegócio.
A empresa também estabeleceu novos contatos, que devem representar importantes parceiras em breve.
0

NOTÍCIAS
Nesse mês de Janeiro, a AGRO1 marcou presença em duas feiras na região centro-oeste do Brasil. A primeira do ano, DINETEC, entre os dias 15, 16 e 17 de Janeiro, em Canarana, Mato Grosso, onde a AGRO1 esteve pela primeira vez.

Os representantes AGRO1 Leila Beledelli, Victor Yuri Goulart, Nathan Salvi ressaltam que a região é extremamente competitiva, e com alta possibilidade de crescimento, por conta do perfil dos produtores da região.

Por fim, a empresa estabeleceu novos contatos, que devem representar importantes parceiras em breve.







Em seguida, a equipe da AGRO1 se deslocou para Maracaju, Mato Grosso do Sul, onde aconteceu a SHOWTEC, entre os dias 22, 23 e 24 de Janeiro. Feira que para a AGRO1, está no calendário como uma das principais do ano, devido ao número de clientes região de Maracaju.

O objetivo é manter o contato, estreitar os laços e consolidar a marca, e também a busca por negócios e novos clientes, justamente pela proximidade e o relacionamento com os clientes, parceiros e produtores da região.
0

NOTÍCIAS

A AGRO1, nos dias 15, 16 e 17 de Janeiro, estará presente pela primeira vez na Dinetec, em Canarana-MT, apresentando a Plataforma AQILA, que auxilia no monitoramento da lavoura e o ERP AgroGestão.

O principal objetivo do evento é de fortalecimento da classe produtora, a fim de fomentar o desenvolvimento agrícola, proporcionar o contato entre as empresas e clientes, prospectar e findar negócios, de modo a aquecer a economia de Canarana e toda a região. O evento é palco das maiores inovações e o que há de mais tecnológico no mercado.

Para AGRO1, estar presente no evento é uma oportunidade de explorar a região que possui um alto potencial produtivo e, entendemos que podemos auxiliar a região à se desenvolver ainda mais com as soluções que oferecemos.
0

NOTÍCIAS
No dia 14 de Dezembro, o Grupo Agros realizou uma confraternização entre os colaboradores para marcar o encerramento do ano de 2019.
Foi um dia recheado de momentos especiais, homenagens e muita emoção.

Sobre o 2019 e Expectativas para 2020:
Quando se reúne uma equipe competente é certo que os frutos valerão a pena ser colhidos. Mas nós superamos todas as expectativas e fomos mais longe que o previsto este ano.

Se continuarmos trabalhando com esse profissionalismo, disposição e dedicação é seguro que o futuro de todos será brilhante.

Bom trabalho a todos ! Que as realizações de 2019 sejam fonte de inspiração para construirmos um excelente 2020!

0

NOTÍCIAS

O Grupo Agros, neste Natal  promoveu a campanha “Seja Você um Papai Noel”, e adotou cerca de 40 cartas que foram escritas por crianças atendidas pela Obra Santa Marta, no bairro Progresso, destinadas ao “Papai Noel”. Que no dia 16 de Dezembro, foram surpreendidas com a chegada do Papai Noel e seus ajudantes do Grupo Agros.

A ação, liderada pelo RH do Grupo Agros, buscou levar carinho e amor aos pequenos, a partir da realização de brincadeiras e o compartilhamento de doces adquiridos/doados pelos colaboradores.

Ações deste tipo já são tradição no Grupo Agros que, assim, pode compartilhar momentos inesquecíveis junto a entidades assistenciais responsáveis por promover o bem a crianças, jovens e adultos.


A Obra Santa Marta
Fundada em 1985 pela Congregação das Irmãs Filhas da Caridade de São Vicente de Paula, a instituição iniciou seus trabalhos com o intuito de diminuir o número de crianças e adolescentes em situação de risco nas ruas de Erechim. Quando as irmãs deixam de atender o projeto, a sociedade civil assume os trabalhos com as crianças e adolescentes, em 28 de abril de 1992, com a denominação de Obra Promocional Santa Marta. Hoje a ONG volta-se mais às famílias, crianças e principalmente aos adolescentes.

 

0

NOTÍCIAS

O ciclo 2019/2020 ficará marcado pela liderança do Brasil na produção mundial de soja (ultrapassando as 125 milhões de toneladas), desempenho que é resultado do aumento na safra nacional combinado com problemas climáticos nos EUA.
A perspectiva é de que o incremento da cultura se mantenha nos próximos anos, com números grandiosos para toda a economia do País.
No campo, os desafios para a manutenção do crescimento são importantes, e envolvem, sobretudo, a busca pelo avanço da rentabilidade com sustentabilidade.
Com essa pauta, a Revista ‘A Granja’ de dezembro de 2019 trouxe entrevistas com produtores que são referência no setor, entre eles o cliente do Grupo Agros e presidente da Associação de Produtores de Soja de Mato Grosso Sul do Sul (Aprosoja/MS), André Dobashi, do município de Antônio João/MS.

Lucro deve ficar acima dos investimentos de médio risco
Para Dobashi, a evolução da produtividade está na busca constante por melhorias com foco na lucratividade, algo, segundo o produtor, que o sócio-fundador da Agros, Adalberto Coimbra, legou ao seu negócio. ‘Projetamos a redução de custos, a melhoria da plantabilidade e das condições do solo, a comercialização bem-feita. O lucro líquido não pode cair em função do aumento de produtividade. E esse lucro deve sempre ficar acima dos investimentos de médio risco do mercado”, disse Dobashi à Granja.
Mais adiante na entrevista, o empresário listou fatores perseguidos com mais veemência na rotina da propriedade, e destacou a importância das ferramentas de gestão do Grupo Agros. “Aprendi a lição quando tive a oportunidade de participar de um grupo de benchmarking em gestão. Inicialmente, montado com três amigos de Maracaju/MS para discutirmos ações que cada um fazia em sua propriedade, o grupo ganhou força quando adotamos a mesma ferramenta de gestão desenvolvida pelo Grupo Agros”, afirmou.

Confira a Revista em formato digital aqui:

A GRANDEZA DA SOJA NO BRASIL


Agradecimento

Para o Grupo Agros, a parceria firmada com André Dobashi e os demais clientes de Maracajú tem sido profícua e honrosa, trazendo resultados positivos a ambos. A citação do Grupo durante a entrevista reforça estes laços, assim como o carinho e o reconhecimento prestado ao sócio-fundador da empresa, Adalberto Coimbra. Que a safra que se avizinhe repita o êxito das anteriores, e avance ainda mais. Dobashi, conte conosco. Obrigado.

0

NOTÍCIAS
Debates e trocas de informações sobre novas tecnologias e soluções que impactarão o agronegócio nacional em 2020 foram os temas centrais do Top Farmers 2019, que reuniu mais de 400 grandes produtores de soja, milho e algodão do Brasil durante os dias 3 e 4 de dezembro em Campinas, SP. A AGRO1 marcou presença às atividades, recebendo expressivo número de clientes em seu stand. Além disso, a empresa estabeleceu novos contatos, que devem representar importantes parceiras em breve. Os representantes AGRO1 Leila Beledelli, Victor Yuri Goulart, Nathan Salvi e Daniel Sygel, observam que o Brasil deve produzir mais, usar novas soluções concebidas pela indústria e distribuídas pelas revendas, jogando ao solo variedades de sementes cada vez mais consistentes. Ao mesmo tempo, o evento organizado pelo Grupo Conecta consagrou a necessidade de que o produtor esteja atualizado quanto a conhecimentos, controle dos custos de produção e às novas tecnologias digitais a fim de obter melhor produtividade e resultados no campo. Cerca de duas dezenas de especialistas no tema participaram dos painéis e palestras do Top Farmers.
0

NOTÍCIAS
O município de Passo Fundo, no norte do RS, recebeu importante evento da Bayer, quando cerca de 50 clientes da empresa, entre produtores e consultores, puderam conhecer alguns parceiros que estão na plataforma de troca de pontos Orbia, como é o caso da AGRO1, que marcou presença na atividade com o consultor Daniel e o desenvolvedor Régis. Os dois avaliaram como positiva a participação, oportunidade em que reforçaram os laços com atuais parceiros, além de abrir portas para novas parcerias.
0

NOTÍCIAS
Integração de técnicas deve garantir o sucesso no combate, indica especialista do Grupo Agros

O bom estabelecimento da cultura da soja é um fator determinante para atingir alto potencial produtivo. No entanto, com o início do plantio, já se percebe o surgimento de elevada quantidade de lagartas capazes de causar sérios danos às lavouras. Conforme o engenheiro agrônomo Luís Fernando Chaves, da área de validação de tecnologias do Grupo Agros, entre as espécies encontradas estão a Spodoptera frugiperda (Lagarta-do-cartucho ou Lagarta militar) e Agrotis ípsilon (Lagarta-rosca) – capazes de causar severos estragos já nos primeiros estádios de desenvolvimento da cultura.
‘As espécies encontradas possuem a capacidade de sobreviver no solo e manter-se ativas em períodos de inverno, se alimentando de plantas de cobertura ou de trigo quando cultivado’, explica Luís Fernando. Segundo o especialista, quando as lagartas já estão presentes na lavoura, o ataque pode ocorrer nos primeiros momentos de desenvolvimento da cultura causando, principalmente, o corte de plântulas e, por consequência, redução do estande da cultura.
‘A redução dos problemas com essas pragas exige a integração de algumas técnicas de manejo a fim de obter um bom controle das lagartas, com segurança à lavoura, ao ambiente e ao produtor’, pontua.

Manejos possíveis
Entre os manejos que previnem o problema de ataque de lagartas, estão:
– Utilização de plantas de cobertura que não sejam preferência alimentar das lagartas;
– Dessecação antecipada da cobertura de solo que antecede a cultura da soja, auxiliando no controle do crescimento populacional das lagartas devido ao cessamento da fonte de alimento a praga;
– Outro manejo que traz benefício na presença considerável de lagartas identificadas por um bom monitoramento (aqui o uso da ferramenta Aqila pode ser decisivo), é o uso de inseticidas junto a dessecação pré-semeadura, reduzindo a população das lagartas antes da implantação da cultura.

Integração de técnicas
Conforme Luís Fernando, o uso de inseticidas no tratamento de sementes também é uma alternativa que auxilia no controle das pragas. Quanto ao uso defensivos, o engenheiro agrônomo observa que deve-se ter atenção para a utilização de produtos que tenham boa eficiência de controle, estádio de desenvolvimento da praga e também ao clima e horário no momento da aplicação.
Em resumo, orienta o especialista, o sucesso no controle de pragas deve ser refletido pela integração de várias técnicas eficientes de manejo.

0

PREVIOUS POSTSPage 2 of 4NEXT POSTS
× Converse com a equipe comercial