Eventos

A parceria entre Agro1 e Rehagro transcendeu e ofereceu uma webinar especial

Foco total na produtividade é alternativa diante de um cenário de incertezas

Afirmação é do consultor Fabio Pereira, painelista de webinar promovido pela Agro1 e Rehagro, que tratou de “Gestão de indicadores financeiros e econômicos na produção de grãos”

A parceria de longa data envolvendo o Grupo Agros, a partir das soluções oferecidas pela Agro1, e a Rehagro, empresa mineira de educação voltada ao agronegócio, transcendeu a relação comercial e ofereceu a mais de uma centena de produtores de todo o País uma webinar especial nesta sexta-feira, 19 de agosto.


Com o tema “Gestão de indicadores financeiros e econômicos na produção de grãos”, o engenheiro agrônomo e consultor da Rehagro, Fabio Pereira, detalhou aspectos determinantes para a obtenção dos melhores resultados no campo e apresentou metodologias de análises de dados que auxiliam nos processos de tomada de decisão, além de projetar as tendências do setor para a próxima safra.


Realizado de modo digital, o evento foi aberto pelo coordenador comercial da Agro1, Daniel Sygel, a quem coube apresentar de forma breve o Agrogestão e a plataforma Aqila, ferramentas tecnológicas desenvolvidas pela empresa gaúcha que atendem os principais estados produtores do Brasil.

Quatro momentos
O painel com Fabio Pereira foi dividido em quatro blocos. No primeiro deles, o especialista falou sobre a importância da gestão e do foco no resultado. De cara, ele definiu que gestão significa “influenciar a ação”, conforme entendimento do escritor e pesquisador Henry Mintzberg. Para tanto, é fundamental que o produtor esteja atento à performance econômica, estando ciente de qual resultado está buscando, qual é a referência e como está o resultado hoje.
Na sequência, o consultor abordou projeções e tendências de resultados, considerando um cenário marcado pela alta do custo da produção e um preço de venda com tendência de queda para a safra 22/23. Segundo ele, a margem de lucro bruto da soja deve girar em torno de 38%, retrocedendo a percentuais próximos daqueles obtidos na safra 17/18 (42%), depois de números que bateram em 67% e 52%, respectivamente, em 20/21 e 21/22. O milho deve seguir semelhante caminho. Fabio Pereira também pontuou, com dados, os impactos dos indicadores nos resultados.
A terceira parte do painel tratou da metodologia de análise dos resultados – e da importância de programas e soluções de gestão eficientes; seguida de aprofundada abordagem de indicadores para avaliar a viabilidade econômica do negócio. Sob esse aspecto, o especialista destacou o necessário controle do fluxo de caixa, que passa por elementos como comercialização (visão antecipada), estratégia de compras e práticas de renegociação. “A previsibilidade e o controle do fluxo de caixa são fundamentais para a tomada de decisão”, resumiu.
Ao falar sobre os principais indicadores econômicos, considerando custos de produção da atividade e as despesas gerais da administração da empresa, Fabio Pereira pontuou tópicos sobre lucro bruto (e sua respectiva destinação), Ebitida, lucratividade e rentabilidade (entendida como o indicador que representa o retorno a partir do capital investido).


Antes de responder a questionamentos da audiência, o consultor da Rehagro orientou como o produtor deve se portar diante das incertezas do mercado, enfatizando a necessidade de foco total na produtividade; proteção e gestão do caixa; ênfase à eficiência; e clareza das metas e objetivos.

Newsletter

    Categorias

  • Dicas (11)
  • Eventos (38)
  • NOTÍCIAS (45)
  • Webinar (5)