Eventos

Grupo de Análise Comparativa de Maracaju/MS

Grupo de análise comparativa estimula crescimento conjunto de clientes

Na safra 2021/22, as 26 propriedades do Grupo de Análise Comparativa desenvolvido pela Agros no município de Maracaju/MS alcançaram produção superior a 1,6 milhão de sacas, em quase 32 mil hectares cultivados, representando produtividade média de 50 sacas/hectare. Os dados foram apresentados pelo coordenador de Suporte Técnico da Agro1, Ismael Salvador, durante edição do Café com Conceito realizado nesta sexta-feira, 20 de maio.

No entanto, mais do que avaliar números, Ismael se preocupou em destacar a essência dos Grupos de Análise e a sua forma de funcionamento, viabilizado graças ao uso do ERP Agrogestão da Agro1.

Conforme o profissional, o diferencial deste tipo de trabalho, além da troca de experiências e conhecimentos e da padronização dos dados (resguardado o nome das propriedades avaliadas), é permitir que cada participante possa, ao se comparar com os demais, avaliar o seu desempenho – seja sob o aspecto de produtividade, custos e resultado. “O objetivo é estimular que todos cresçam juntos, pois há alguém em algum lugar que faz a mesma coisa de forma melhor”, destacou.

O coordenador ainda lembrou dos primeiros passos do Grupo de Maracaju, que teve início em 2014 com apenas quatro produtores. “O crescimento do Grupo de Análise Comparativa é reflexo dos resultados alcançados ao longo do tempo, somado à expertise da Agros – empresa capaz de oferecer as melhores soluções do mercado para obtenção de dados isentos e corretos, reforçando a importância cada vez maior da informação para a tomada de decisão do produtor”.

Ismael Salvador também apresentou, passo a passo, todas as funcionalidades aplicadas e o envolvimento dos diferentes setores do Grupo Agros no processo.

Newsletter

    Categorias

  • Dicas (11)
  • Eventos (30)
  • NOTÍCIAS (42)
  • Webinar (5)