Eventos

Nutrição e qualidade de vida são temas abordados no Café com Conceito

Alimentação saudável, mais do que uma resolução de início de ano

O primeiro Café com Conceito de 2022 serviu à mesa da atividade virtual do Grupo Agros o tema Alimentação Saudável, uma das resoluções mais comuns de início de ano. Apresentado pela nutricionista Patrícia Santos Souza, o painel mostrou a importância de que o hábito de comer bem e de forma equilibrada suplante a esfera da promessa e, de fato, faça parte da vida das pessoas de modo regular.

Conforme Patrícia, uma alimentação saudável é aquela que garante ao organismo receber todos os nutrientes de que ele precisa, considerando quatro elementos: variedade, equilíbrio, quantidade e segurança dos alimentos que estão sendo ingeridos.

A especialista também apresentou dicas de como se alimentar de forma saudável:

– Evitar alimentos processados ou ultraprocessados, preferindo frutas, verduras e temperos da horta;

– Estar presente no ato da refeição, fazendo dela um momento especial, prestando atenção no que come;

– Mastigar a comida;

– Utilizar gorduras, sal e açúcar em pequenas quantidades;

– Ser crítico quanto a informações, orientações e mensagens sobre alimentação veiculados em publicidades;

– Para quem almoça fora, optar por locais com bom estado de higiene – estilo ‘comida caseira’. Iniciar se servindo de saladas, colocando no prato pelo menos cinco cores de alimentos. Preferência por assados, grelhados e cozidos, deixando de lado preparações muito manipuladas como almondegas, panquecas e maionese de batata;

– Enquanto é necessário a hidratação ao longo do dia (o ideal seria ingerir 35 ml de água por quilo do corpo); durante as refeições, o indicado é não ingerir líquidos. Refrigerantes e sucos artificiais podem – e devem – ficar de lado.

Atenção às bebidas estimulantes

A nutricionista também chamou a atenção para um assunto que, por vezes, passa batido: o uso exagerado de bebidas estimulantes. Segundo Patrícia, essas bebidas atuam de forma direta no sistema nervoso central. A maioria tem duas substâncias: a cafeína e a taurina, ambas em excesso. Os efeitos, alerta, são o aumento da pressão arterial e da frequência respiratória, deixando a pessoa mais ofegante, além do aumento dos batimentos cardíacos (que pode causar arritmias).

Comportamento alimentar

Para Patrícia Santos Souza, o que comemos e o quanto comemos está diretamente relacionado a fatores fisiológicos, psicológicos, sociais, culturais e contextuais. Diante disso, é fundamental que a pessoa – independente do ambiente no qual vive e com quem se relacione – cuide dos seus hábitos alimentares, fazendo refeições para saciar a fome e não para ficar ‘embugado’. Diferenciar a fome física da psicológica também é um dos segredos para evitar excessos, pontuou a nutricionista.

A atividade foi mediada pela colaboradora do Grupo Agros, Maquelen Kociczeski, que abordou, ainda, a importância de alinhar alimentação saudável, atividade física e contato social, a fim de evitar diversos complicadores e distúrbios.

Newsletter

    Categorias

  • Dicas (11)
  • Eventos (38)
  • NOTÍCIAS (45)
  • Webinar (5)